Tv e Celebridades

VINGADORES

Teoria de “Vingadores” diz que Loki planejou sua morte no último filme

ATENÇÃO: Este texto contém spoilers de “Vingadores: Guerra Infinita”. Não leia se não quiser saber o que acontece.

Uma das primeiras mortes a chocar o público em “Vingadores: Guerra Infinita” foi a de Loki (Tom Hiddleston), que aparentemente tentou enganar e matar Thanos (Josh Brolin), o grande vilão do filme, e acabou exterminado por ele.

Um fã na rede social Reddit, no entanto, acredita que o Deus da Trapaça não morreu por acaso: ao invés disso, ele teria planejado sua morte para fazer um retorno triunfal em “Vingadores: Ultimato”, continuação que chega aos cinemas em 25 de abril.

Segundo o usuário, identificado como “maiofan366”, Loki quis morrer para ser enviado para Hel ou Valhalla, as versões asgardianas do inferno e do paraíso, respectivamente. Uma vez neste outro plano de existência, ele poderia contatar pessoas que seriam de utilidade para derrotar Thanos.

Caso Loki vá para Hel, pode conversar por lá com sua irmã adotiva, Hela (Cate Blanchett), a poderosíssima vilã de “Thor: Ragnarok”. Caso vá para Valhalla, terá contato com o pai Odin (Anthony Hopkins) e com a mãe Frigga (Rene Russo).

O usuário do Reddit ainda aponta que uma viagem de Loki a Hel quase foi incluída em dois filmes anteriores da Marvel: “Ragnarok”, onde Thor iria ao submundo para salvar o irmão, morto em “O Mundo Sombrio”; e “Vingadores: Era de Ultron”, onde ele aparecia por lá ao lado de Heimdall (Idris Elba), em uma visão de Thor.