Bahia Salvador

Tentativa de assalto acaba em tiro no Salvador Shopping; houve correria

Bandidos tentaram levar malotes de carro-forte e fugiram atirando

Uma tentativa de assalto terminou em disparo de arma de fogo dentro do Salvador Shopping, um dos mais movimentados da capital baiana, por volta de 15h40 desta terça-feira (13).

“No início começou como se fosse uma briga. Aí saiu um tiro e começou em todos andares as pessoas correndo, lojas fechando e uma correria muito forte”, explicou um funcionário, que preferiu não se identificar.

Segundo ele, pelo barulho, tratou-se de apenas um tiro de arma de grosso calibre. No entanto, durante a fuga, outros disparos de arma de fogo foram feitos pelos criminosos, conforme nota divulgada pela Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA).

Segundo a pasta, quatro homens armados renderam os seguranças da empresa de transporte de valores e, na fuga, “fizeram disparos de arma de fogo, antes de deixarem o local em um veículo Sandero Branco”. Apesar disso, não há registro de pessoas feridas. A SSP ainda afirmou que não está autorizada a divulgar de que empresa era o carro-forte que sofreu a tentativa do assalto.

Cápsulas de balas disparadas em estacionamento

Cápsulas de balas disparadas em estacionamento (Foto: Betto Jr./CORREIO)

O Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) e a Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR) da Polícia Civil investigam a ação criminosa. Ainda de acordo com a SSP-BA, testemunhas já estão sendo ouvidas e qualquer informação sobre os autores deve ser enviada, anonimamente, ao Disque-Denúncia (71) 3235-0000 ou através do 190.

A ação ocorreu próximo à loja da Magazine Luiza, na área do estacionamento G1, no primeiro piso. O veículo de transporte de valores estava posicionado perto da saída, ao lado dos guichês de pagamento para motoristas.

Ação frustrada
Também por meio de nota, a assessoria do Salvador Shopping confirmou que “quatro homens tentaram assaltar um carro-forte no estacionamento do shopping”. Além disso, informou que a ação foi impedida pelos seguranças.

“A ação foi evitada por seguranças do centro de compras e da transportadora de valores. A polícia foi acionada e seguiu o grupo, que fugiu em um veículo modelo Sandero branco. Não houve feridos. O caso já está sendo investigado pela polícia e a administração se coloca à disposição das autoridades para quaisquer esclarecimentos. O shopping segue funcionando normalmente, até as 22h”, afirma o comunicado.

Viaturas da PM posicionadas perto de shopping, após tentativa de assalto(Foto: Leitor CORREIO)

Susto geral
Apesar de a ação ter ocorrido na área coberta do estacionamento – ao menos duas cápsulas deflagradas foram encontradas no local –, quem estava do lado de fora do shopping também conseguiu escutar os disparos.

Um vendedor ambulante que atua na região contou ao CORREIO que se jogou no chão assim que escutou os tiros e também viu muito corre-corre.

“As pessoas ficaram desesperadas, mas não é pra menos. Final de ano aqui sempre tem esses casos de assalto. Eles [os bandidos] já ficam ligados porque a galera recebe o décimo [terceiro] e saem para fazer essas coisas”, comentou o ambulante.

O pânico não poderia ser menor nas lojas. Uma vendedora que trabalha em um quiosque perto do local do ataque contou que uma colega viu um homem encapuzado e portando um fuzil, e a alertou sobre o perigo. Assim como o ambulante do lado de fora, as duas se atiraram ao chão e, pouco tempo depois, aconteceram os disparos.

Trabalhando na loja ao lado da porta magnética onde aconteceu o crime, outra vendedora relatou que deu “sorte porque estava no andar de cima descansando”. No lugar dela estava outro vendedor, que viu toda a ação de pertinho e ficou em estado de choque. Era o primeiro dia de trabalho do rapaz, que ajudou a fechar as portas do estabelecimento às pressas.

Até as 18h, nenhum suspeito do crime havia sido preso.

Outro caso
Na noite de sábado (10), outro caso de violência foi registrado no Salvador Shopping, também com disparos de arma de fogo nas imediações. Segundo a assessoria do centro de compras, após o fechamento das lojas, um homem furtou o celular de um cliente, que estava se dirigindo ao estacionamento. “Um segundo cliente, que se identificou como policial, seguiu o homem até a saída. Na área externa, efetuou dois disparos contra o assaltante, que fugiu”, destaca a assessoria, segundo a qual a vítima do furto recebeu toda a assistência por parte da equipe de segurança do shopping.

Amilson Rodrigues

Bacharel em Economia com Pós-graduação em Administração Financeira, MBA Executivo em Mercado de Capitais, apaixonado por comunicação e novas tecnologias. Especialista em Plataforma Worpress, SEO (Otimização para sites de Busca) e Marketing Digital e também sou apaixonado por histórias e por isso eu repito quem não tem história não tem vida. E quem não tem vida, vive em guerra consigo.